ESPUMA na urina? Cuidado com seus rins!



Uma das funções do rim é filtrar, eliminando o que não é necessário e mantendo no sangue o que é importante. Dentre estas substâncias importantes estão as proteínas, em especial, a albumina, e caso ocorra a perda excessiva na urina, é uma das manifestações que há problemas no rim, neste caso, denominado Proteinúria. Trata-se de um fator de risco importante na velocidade de progressão da doença renal crônica.


Doenças e condições que dão origem à proteinúria:

  • Diabetes;

  • Lúpus eritematoso sistêmico;

  • Hepatite;

  • AIDS;

  • Sífilis;

  • Câncer;

  • Obesidade;

  • Hipertensão arterial e Mieloma múltiplo;

  • Reação a anti-inflamatórios;

  • Eclâmpsia em gestantes.


Sintomas

  • Urina espumosa, além de dor e sensação de queimação ao urinar;

  • Diminuição na produção de urina;

  • Enjoos e vômitos;

  • Inchaço nos tornozelos e em torno dos olhos;

  • Sabor desagradável na boca;

  • Fadiga, falta de ar e de apetite;

  • Palidez;

  • Pele seca e coceira generalizada.


Diagnóstico e tratamento


Em alguns casos a formação de espuma na urina pode não significar problemas de saúde como por exemplo pode ter ocorrido devido ao jato forte da urina, ou por resquícios de material de limpeza no vaso sanitário. Com exceção dessas eventualidades toda e qualquer dúvida merece ser investigada. Assim, se houver sinal e aparecimento de vários edemas além de urina espumosa, é importante consultar um nefrologista, que fará o diagnóstico e a indicação do melhor tratamento.




9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo